Serviço de Babysitting - Contratar babysitter ou babá

assistência a bébésO Babysitting é um serviço que se traduz no cuidar de crianças. Os profissionais que desempenham este serviço designam-se por babysitters ou babás. Porquê uma babysitter?

  • Vai organizar uma festa e precisa de uma babysitter para tomar conta dos seus filhos?
  • Tem um evento e gostaria de deixar os seus filhos com uma babysitter durante algumas horas?
  • Vai viajar e pretende contratar uma babysitter durante um fim-de-semana?
  • Pensa em contratar uma babysitter para ir levar e/ou buscar os seus filhos à escola?

Estas são 4 das necessidades mais comuns dos pais, e que motivam a contratação de uma babysitter.

O babysitting é uma função de enorme responsabilidade, e por isso há que ter inúmeros cuidados e muita informação, que dê aos pais a confiança necessária para contratar uma profissional babysitting.

babysitter ou babáNa Family First reunimos babysitters profissionais ligadas nomeadamente à área da educação. Seja qual for o horário pretendido pelos pais, temos babysitters profissionais que se ajustam às necessidades da sua família:

  • Babysitters com disponibilidade total e que por isso podem acompanhar diariamente os seus filhos
  • Babysitters que tomam conta dos seus filhos pontualmente aos fins-de-semana, fins de tarde, noites,…

Se precisa de um profissional experiente e de confiança para tomar conta dos seus filhos, fale connosco e sinta toda a segurança subjacente a uma empresa credível e de renome no mercado.

Tem questões sobre babysitting? Quer saber tudo sobre as condições de trabalho, como horários e preços/remunerações? Quer saber informações legais?

Veja em baixo toda a informação de que precisa

 

Como deverei escolher uma babysitter? E quais os principais critérios na selecção de uma babysitter?

Apesar da atividade do babysitting ser frequentemente anunciada em jornais, revistas e websites, dado também o número de pessoas no desemprego que se propõem tomar conta de crianças, a verdade é que este poderá não ser o método mais seguro. Recorde-se de que uma babysitter é alguém a quem vai confiar o bem-estar dos seus filhos . A forma mais segura e mais rápida de contratar uma babysitter é recorrer a uma agência de serviços de apoio à família.

Há alguns pré-requisitos de uma babysitter, que propomos que as famílias considerem antes de escolher uma profissional. Além de ter jeito para crianças e facilidade de criar empatia, uma babysitter deve preferencialmente ter conhecimento de primeiros-socorros, ser de confiança e ter muita experiência em lidar com crianças de outras pessoas. Deve ainda ser honesta, responsável e paciente. Deverá também ter cartas de recomendação.

Quanto custa um serviço de Babysitting? É um preço à hora ou uma avença?

Dependendo do grau de qualificação da profissional, bem como das exigências da função, assim variam os honorários. Na Family First acreditamos que os bons profissionais devem ser recompensados de forma justa, e por isso praticamos sempre os valores do mercado.

Também a natureza da função irá implicar o pagamento de uma avença ou pagamentos pontuais. Se pretende uma babysitter pontualmente para apoiar a família em eventos por exemplo, o valor deverá ser à hora. Ao passo que uma babysitter que intervenha regularmente deverá ser recompensada por meio de uma avença (um contrato de trabalho).

Quais os tipos de horários de uma babysitter?

Tipicamente, há dois modelos de funcionamento das babysitters: Ocasional, quando os pais têm de trabalhar ou precisam de ir a um evento específico. Ou regular, em que a babysitter é contratada por algumas horas semanais, para tomar conta das crianças (a babysitter pode levar e buscar as crianças à escola e inclusivamente levá-las a actividades extra-curriculares como desportos).

Que tipo de contrato deverei criar com uma babysitter?

Uma babysitter deve estar inscrita na Segurança Social como trabalhadora independente

Porque devo recorrer a uma agência como a Family First?

Essencialmente porque tomar conta de crianças é das tarefas mais desafiantes e exigentes que existem. São tantas as valências que uma profissional babysitter deve ter, que não é fácil encontrá-las. Por isso na Family First temos um processo de recrutamento e selecção rigorosos que permitem avaliar o perfil da babysitter e enquadrá-la numa tipologia concreta (babysitter pontual ou regular, de eventos ou de apoio à educação, ou ainda apoio à saúde infantil).

Se o contrato de trabalho, entre a profissional e o cliente, vier a cessar durante as primeiras 12 semanas, a Family First esforçar-se-á para encontrar um substituto, sem custos adicionais para o cliente. O período de garantia é contado a partir da data de início de funções da primeira babysitter colocada.

Que segurança dá a Family First à minha família ao contratar uma babysitter?

Os pais podem contar sempre com o apoio da Family First mesmo após a contratação da babysitter.

Os pais ficam em seu poder com o curriculum vitae detalhado da profissional, bem com referências e dados importantes de experiências anteriores.

Como mães que também somos, sentimos uma responsabilidade ainda maior para garantir que as nossas profissionais são de facto excelentes no cumprimento das suas funções. Também nós confiamos as nossas crianças a babysitters experientes. Desejamos aos filhos dos nossos clientes o mesmo que desejamos aos nossos, o melhor!

Que funções podem executar as babysitters?

  • Ir levar e/ou buscar as crianças à escola
  • Acompanhar as crianças nas suas actividades extra-curriculares
  • Dar banho e dar o jantar às crianças
  • Dar medicação ou seguir tratamentos de saúde em crianças com doenças crónicas
  • Apoiar no estudo diário das crianças
  • Apoiar no estudo pontual (exames escolares)
  • Organizar festas de aniversário
  • Entreter as crianças em eventos como festas de aniversário

Faz sentido contratar uma babysitter para crianças a partir dos 10-12 anos?

Sem dúvida que faz muito sentido. As crianças a partir dos 10 anos são menos interactivas e mais exigentes. Estas crianças estão em idades particularmente sensíveis a rotinas de televisão e jogos de computador, que em demasia poderão contribuir para algum isolamento social. Uma babysitter poderá estimular ainda mais as capacidades mentais da criança, recorrendo a problemas e desafios pedagógicos, poderá incentivar a interacção interpessoal e potenciar a capacidade criativa da criança.

A partir de que idade da criança já é possível contar com o apoio de uma babysitter?

Assim que uma criança nasce já é possível contar com o apoio de uma babysitter. Ainda que nos primeiros meses a presença contínua da mãe seja importante, nem sempre a mesma é possível, e por isso contamos com profissionais babysitters especializadas no cuidado de recém-nascidos. Há crianças que por razões de saúde ou cuidados especiais não podem frequentar a creche/infantário, e é também nessas situações que devemos recorrer a babysitters profissionalizadas.

A idade da babysitter é importante?

A idade de um profissional pode ser um factor a considerar, especialmente quando este profissional tem a seu cargo crianças. O princípio é o de quebabysitters muito jovens são tendencialmente mais adequadas a cuidar de crianças mais velhas (que já andam e são independentes) e babysitter mais maturas são mais adequadas a cuidar de crianças mais novas (bebés) ou crianças com necessidades especiais. Mas este princípio não deve ser seguido à risca, já que aliado à idade da profissional está também toda a sua experiência e perfil.

Que tipo de habilitações literárias e experiência deve ter uma babysitter?

Em termos de habilitações literárias o ideal é que a babysitter tenha um curso de auxiliar de educação ou tenha um curso de educadora. No entanto, mais importante que as habilitações académicas é a experiência anterior da babysitter. É de extrema importância que a babysitter tenha já cuidado de crianças de várias idades, com e sem irmãos, em vários tipos de horários (pontual ou regular).

Que perguntas devo fazer numa entrevista a uma babysitter?

  • Na altura da entrevista, é importante avaliar o comportamento verbal e não verbal da babysitter ao mesmo tempo que faz perguntas pertinentes.
  • Pergunte sobre experiências anteriores, os melhores e piores momentos, dificuldades passadas, acontecimentos que tenham sido marcantes quer positiva quer negativamente
  • Pergunte sobre a idade das crianças de quem já tomou conta e o tipo de rotinas que estavam a cargo da profissional.
  • Avalie se a candidata se sente à vontade com os seus filhos. Confira se ela aparenta ser responsável, sincera, emocionalmente estável, afetiva e comunicativa.
  • Explique corretamente todas as tarefas de que é incumbida e coloque algumas questões em relação a situações de emergência, para saber se a babysitter está realmente preparada.
  • Antes de se decidir por alguma candidata, experimente passar uns dias com ela e com os seus filhos, para ver a sua forma de trabalhar e ir criando empatia entre as suas crianças e a babysitter.

Como posso antever se uma babysitter será boa profissional?

Uma das formas de se aperceber se a babysitter é a pessoa indicada, é ver se ela lhe pergunta pelos contactos de telefone mais importantes, como pai, mãe, avós, vizinhos.

Veja se a profissional se mostra preocupada em relação aos hábitos e aos gostos das suas crianças. Naturalmente uma boa babysitter irá querer registar os horários de alimentação, higiene, brincadeira, estudo e sono dos seus filhos. Este registo e cuidado dar-lhe-ão a indicação de que a babysitter é organizada e preocupada.

É importante avaliar também o contacto visual e a expressão facial da babysitter durante o primeiro contacto com as crianças. Avalie igualmente se a babysitter adapta o seu vocabulário ao nível linguístico dos seus filhos mostrando empatia e se usa palavras adequadas do ponto de vista pedagógico.

Esta avaliação é também importante para a estabilidade das crianças e dos pais. Uma boa contratação de uma babysitter fará com que as crianças se habituem e afeiçoem à babysitter, criando laços fortes de amizade e sentimento de confiança.

Quais os meus direitos e deveres depois de contratar uma babysitter?

Direitos dos pais:

  • Destinar a babysitter ao exercício das tarefas pré-estabelecidas e inerentes à função de babysitting
  • Exigir respeito pela privacidade e intimidade
  • Ter um período experimental relativamente aos serviços contratados
  • Dar por concluídos os serviços de babysitting quando já não necessitar deles, avisando as partes com a devida antecedência

Deveres dos pais:

  • Proporcionar as condições necessárias ao exercício das funções
  • Respeitar a babysitter e dialogar sempre que necessário
  • Efectuar os pagamentos devidos nos prazos combinados
  • Cumprir os horários pré-definidos
  • Não atribuir funções que não foram previamente estabelecidas

Para mais informações sobre babysitting, contacte um consultor da Family First

Artigos do Blog sobre Serviços de Babysitting:

Como encontrar uma Babysitter em Lisboa, com segurança?

Como funcionam os serviços de Babysitting em Lisboa?

Viva e usufrua do serviço de babysitting em Lisboa!

Falamos
consigo!

* Campos de preenchimento obrigatório

Fale Connosco

Morada | Telefone

Family First - serviços de apoio à famíliaRua Domingos Sequeira,
nº 27, 6º B - Estrela Office
Campo de Ourique
1350-119 Lisboa

tel. 21 396 76 36
tlm. 92 599 32 71 | 91 651 11 36
fax. 21 396 33 26

Family First - serviço de apoio à família